Fratura do Hálux (Dedão do Pé) Orientações Médicas / Ortopedia  

Geralmente essa fratura é facilmente reconhecida pois acontece após algum trauma direto, principalmente quando algo pesado caí sobre o dedão ou após algum tropeço. Grande parte dessas fraturas são ouvidas pelo indivíduo no momento em que ela ocorre. Também pode acontecer por impactos repetitivos, como em jogadores de futebol.



Sinais e sintomas de hálux fraturado

A dor é intensa no exato momento da fratura. O dedão fraturado poderá inchar e ficar vermelho. Quando há trauma, o dedo pode sofrer deformidades. Pode causar dor para caminhar, colocar e tirar sapatos, subir escadas, etc.



Quando ir ao médico e qual o tratamento?

Sempre que houver alguma lesão no hálux, principalmente se houver ferida aberta ou deslocamento do dedo.
O tipo de fratura determinará o tratamento, uma órtese e ataduras, que prendam o dedo fraturado ao próximo dedo ou uma imobilização maior com gesso. O mais importante é que o dedo fique alinhado para consolidar da maneira adequada por 4-6 semanas.

O que fazer em casa?

Aplicação de gelo, elevação do pé e repouso, pois enquanto o osso se consolida é importante evitar apoiar o peso do corpo no pé.


Complicações

O que geralmente ocorre é uma lesão da unha do dedão, ela pode ficar sem cor ou até ficar preta, chegando a cair. Mas não é grave, a unha crescerá normalmente e tomará o lugar da que caiu. Se o indivíduo quiser, pode consultar um podólogo para evitar que a unha cresca irregularmente e para prevenir infecções.

Fisioterapia
Após a retirada do gesso ou do curativo, é muito importante que o paciente recupere a força muscular e o arco de movimento do hálux. É muito importante que os movimentos se igualem ao hálux do outro pé.

 



 



Imprima este artigo






 
 
 
Clínica Deckers
Av. Europa, 887 - Jd. Europa - São Paulo / SP
Tel.: (11) 3065 1299
contato@clinicadeckers.com.br