Artrite Orientações Médicas / Ortopedia  

O que é artrite?

Artrite significa inflamação na articulação. Isto causa dor, rigidez e edema na região. Articulação é a região onde se encontram dois ou mais ossos.  As pontas deles são cobertas por cartilagem que evita e amortece o contato entre eles, possibilitando um movimento harmonioso e sem dor.

Existem alguns tipos principais: Osteoartrite, Artrite Reumatóide,  Artrite Traumática e Artrite Infecciosa.


• a) Osteoartrite: Causada pela diminuição da cartilagem das articulações, o que leva a
uma fricção entre os ossos, inflamando e, conseqüentemente, causando dor, rigidez e edema nesta articulação.  Pode resultar do uso excessivo da articulação, de algum trauma, da degeneração da cartilagem, da obesidade ou de fator genético. 

É a forma mais comum de artrite  e está mais presente entre as mulheres de meia idade.  As principais articulações atingidas pela osteoartrite são joelho, quadril e coluna.

As opções de tratamento são:  Exercícios musculares para ganhar força e flexibilidade, controle do peso, medicamentos anti-inflamatórios, terapia com alteração de temperaturas e/ou cirurgias.

• b) Artrite Reumatóide: É uma doença crônica, que acomete cerca de 1% da população mundial e também é mais comum nas mulheres.

O sistema imunológico tem a função de proteger o corpo, mas nessa doença ele  produz substâncias que atacam o próprio organismo, inflamando e destruindo a cartilagem das articulações.

• c) Artrite traumática: Os destaques aqui são a fratura grave de quadril, que pode levar à falta de sangue na região da cabeça do fêmur, deteriorando o osso e causando dor e as fraturas de joelho, tornozelo e pés, pois são as articulações responsáveis pela sustentação de peso do corpo.

• d) Artrite Infecciosa:  Caracterizada pela presença de microorganismos infecciosos na articulação,  principalmente bactérias, que causam a destruição da cartilagem articular. 
O tratamento prioriza a vida do paciente, iniciando com a administração de antibióticos.  Quando não houver mais riscos de vida, o objetivo passa a ser a articulação e para evitar
o acúmulo de pus é feita uma punção.  Em seguida dá-se início à fisioterapia que tem
objetivo de melhorar a dor, diminuir o edema e resgatar os movimentos perdidos da articulação.


Quais os sintomas?

Os sintomas são: dor, rigidez e efeitos da inflamação na articulação (edema, calor e rubor).  A dor pode ser constante ou intermitente, ocorrer no exercício ou no repouso e estar presente em uma ou  mais articulações.

Qual a importância dos exercícios?

A prática de exercícios moderados e freqüentes diminui as fadigas, fortalece  músculos e ossos, aumenta a flexibilidade, aumenta o nível de energia, melhora o sono e a condição cardiovascular,  diminui a depressão e dá uma sensação de bem estar. O programa de exercício ideal mistura alongamentos, fortalecimento muscular e exercícios aeróbicos, como caminhada, andar de bicicleta, natação, etc.

O médico deve ser consultado antes do início ou do retorno à uma atividade física, principalmente, se estiver parado há muito tempo.

 


 



Imprima este artigo






 
 
 
Clínica Deckers
Av. Europa, 887 - Jd. Europa - São Paulo / SP
Tel.: (11) 3065 1299
contato@clinicadeckers.com.br