Ruptura do Tendão Calcâneo (Tendão de Aquiles) Orientações Médicas / Medicina Esportiva  

O tendão do calcâneo é o maior e mais vulnerável do corpo. Ele liga o músculo gastrocnêmico e o sóleo (músculos da panturrilha) ao calcanhar. O tecido que forma o tendão é forte, porém ele não é muito elástico.

Causas da Ruptura do Tendão Calcâneo

A exata causa é difícil de determinar, pois a ruptura pode acontecer de repente ou após o aparecimento de tendinite nesse tendão. Alguns especialistas associam a ruptura à fraqueza do músculo gastrocnêmico, pois com essa fraqueza, o músculo chega a fadiga mais rapidamente e com isso ficam encurtados, gerando mais stress no tendão causando a ruptura. Outro fator que pode contribuir para a fadiga é o "overuse".

A ruptura acontece quando a tração exercida no tendão, é maior que a sua força. Geralmente quando um o tendão sofre um alongamento, mas os músculos da panturrilha estão contraídos.



Sintomas

Os indivíduos relatam ouvir um estalo na hora da ruptura e uma sensação de sofrer um golpe direto no tendão, como uma pedrada. A dor pode não aparecer, mas o indivíduo não conseguirá ficar nas pontas dos dedos.

Qual o tratamento?

Quando a lesão é parcial o paciente poderá ou não passar por cirurgia e depois ficar imobilizado. Já a ruptura completa do tendão exige a cirurgia e também a imobilização.

Logo após a retirada do gesso, o paciente deverá ser encaminhado para a fisioterapia, para recuperar a flexibilidade da articulação e a força dos músculos que ali atuam.

 

 



Imprima este artigo






 
 
 
Clínica Deckers
Av. Europa, 887 - Jd. Europa - São Paulo / SP
Tel.: (11) 3065 1299
contato@clinicadeckers.com.br