Como Reduzir As Lesões de Golfe Nesta Temporada Orientações Médicas / Medicina Esportiva  




Para todos os golfistas, mas principalmente para aqueles que estão há algum tempo sem jogar e que resolvem que é hora de voltar para o campo é importante lembrar que apesar de o golfe poder ser um esporte relaxante também pode ser pode desgastante especialmente se não se seguir certas precauções.

Use estas dicas gerais da Clínica Deckers para prevenir lesões de golfe nesta temporada:

1 - Sempre aquecer e alongar antes de jogar ou bater no driving range.
Um bom aquecimento, como caminhar, uma sequencia de movimentos lentos, ou ginástica leve serve para elevar sua temperatura corpórea e aumentar o fluxo sanguíneo para os músculos. O alongamento irá aumentar a flexibilidade e reduzir o risco de lesões musculares ou tendinosas.

2 - O alongamento não deve ficar restrito ao ombro e cotovelo.
As pernas e os quadris também devem ser incluídos. Lembre-se, golfe envolve uma grande dose de caminhada e o swing de golfe tem uma contribuição significativa da partir da parte inferior do corpo.

3 - Preste especial atenção à flexibilidade dos isquiotibiais.
Isquiotibiais tensos tem um efeito negativo sobre a postura e aumentam a pressão sobre a região lombar . A dor lombar é a lesão mais comum para os jogadores recreativos.

4 - Realizar exercícios de fortalecimento para as pernas e quadris.
A energia do swing do golfe começa nos quadris. Quadris e coxas fortes e estáveis ajudam a manter a postura durante todo o swing e permitem que o swing seja mais explosivo. Os quadris e as pernas também absorvem as forças da parte superior do corpo durante o follow through reduzindo as chances de lesão.

5 - Estabelecer um programa de fortalecimento do CORE e tronco.
Músculos abdominais e das costas fortes reduzem o estresse e estabilizam a torção na região lombar durante o swing do golfe.
Além disso, a energia é transferida das pernas para a parte superior do corpo através do core . Boa força do core contribui para um swing mais reprodutível, melhorando a precisão do seu jogo.

6 - Considere a sua condição cardiovascular.
Embora o golfe não seja considerado um esporte aeróbico, a fadiga pode desempenhar um grande papel no desempenho esportivo e na prevenção de lesões, especialmente ao caminhar os 18 buracos. Um programa de corridas a pé, de bicicleta ou de caminhadas pode condicioná-lo bem para o esporte.

7 - Preste atenção à mecânica do seu corpo quando se dobra para colocar a bola no tee ou para levantá-la.
Dobre os quadris e os joelhos para proteger as suas costas.

8 - Tome aulas com um profissional qualificado.
Melhorar mecânica de seu swing pode melhorar o seu jogo, diminuir o seu score e reduzir o risco de lesões.



Seguir essas dicas simples pode reduzir suas chances de lesões nesta temporada de golfe.

Se você apresentar uma lesão durante o jogo, você pode marcar uma consulta com um dos especialistas da Clinica Deckers
- Fone 55 (11) 3065 1299 - www.clinicadeckers.com.br

Adaptado de Christopher Dodson, M.D.

 

 



Imprima este artigo






 
 
 
Clínica Deckers
Av. Europa, 887 - Jd. Europa - São Paulo / SP
Tel.: (11) 3065 1299
contato@clinicadeckers.com.br